BOLETIM MENSAL DA CONGREGAÇÃO MARIANA nº 184 mês de agosto 2020

TERÇO MARIANO: Acompanhamos pela Rádio Evangelizar as 2ª feiras às 20:00 horas.

TRIBUTO MARIANO:

A Federação está recolhendo o Tributo Mariano para o envio devido à Confederação.

ANIVERSARIANTES DO MÊS DE AGOSTO:

10/08 – CM TEREZA DA CRUZ
15/08 – CM JOSÉ LOPES
16/08 – CM CARLOS ROSCOCHE
18/08 – CM ANA FRANCISCA LOPES
27/08 – CM JORGE NILCEU ROLINSKI

Aos aniversariantes do mês de agosto nossos sinceros parabéns com as bênçãos e graças santificantes de Nossa Senhora Auxiliadora e São Cristóvão.

CC.MM. = CONGREGAÇÕES MARIANAS

O RECONHECIMENTO CANÔNICO DAS CC.MM. DO BRASIL

Nos capítulos seguintes são publicados os textos oficiais que passam a definir a natureza das CC.MM. e a reger sua vida interna e sua atividade apostólica.

São eles:

– os decretos da CNBB que deram reconhecimento canônico às CC.MM. do Brasil;
– o texto aprovado da Regra de Vida (Cap. 3º);
– o Estatuto da Confederação Nacional das CC.MM. do Brasil (Cap.4º).

Estes textos são oficiais e normativos para todas as CC.MM. do Brasil e sua presente publicação os faz entrar em vigor.

  1. – DECRETO DE EREÇÃO CANÔNICA E NOMEAÇÃO DO ASSISTENTE ECLESIÁSTICO.

Decreto Nº 5/93

CONSIDERANDO:

  1. A solicitação de Senhor Cardeal Dom Eugênio de Araújo Sales, Assistente Nacional das Congregações Marianas do Brasil e seu atual representante junto à CNBB;
  2. A “Regra de Vida” aprovada pela Assembléia Nacional das Congregações Marianas, a 07 de novembro de 1992, e pelo mesmo Senhor Cardeal, homologada a 03 de dezembro seguinte, na qual se expressam os objetivos, natureza, estrutura organizativa e espiritualidade da referida associação de fiéis;
  3. A atualização dada pelo Comitê Executivo Mundial das Comunidades de Vida Cristã, as quais estavam juridicamente filiadas as Congregações Marianas do Brasil, para que estas conservem o nome de Congregações Marianas, mesmo depois de constituir-se como associação pública de fiéis, canonicamente autônoma, em âmbito nacional, com a condição de que mantenham um vínculo significativo com as mesmas Comunidades de Vida Cristã, legítimas herdeiras espirituais e continuadoras da tradição das antigas Congregações Marianas, nos termos do nº 12 das Normas Gerais desta associação, conforme carta de 25 de março de 1993 do Presidente do dito Comitê Executivo Mundial, Bredan McLoughlin, dirigida ao Cardeal Dom Eugenio de Araújo Sales;
  4. A justificada aspiração dos Congregados Marianos de ter uma associação com estrutura organizativa reconhecida e uma identidade jurídica definida em todo o território nacional, para maior expansão institucional e melhor atuação eclesial, em plena comunhão com os Pastores e em fraterna colaboração com as demais organizações apostólicas, em nível local, regional e nacional; (Continuação na próxima – do Livro Regra de Vida)

Salve Maria!                  Comunicação: Agostinho Gonçalves – Fone 99747-2605

“Ser Congregado(a) Mariano(a)” – “É UMA OPÇÃO DE VIDA”